Popups humanas na abertura do II Fórum da Internet no Brasil

A mesa de abertura do II Fórum da Internet no Brasil começou bem ilustrativa. O evento vai promover o debate entre as áreas e setores como o corporativo, governo e sociedade civil sobre os rumos da internet no Brasil e no mundo. As demandas elencadas serão levadas ao próximo Fórum de Governança da Internet.
image
Enquanto o representante da comunidade científica e tecnológica, Flavio Wagner, clamava por consenso mínimo entre as áreas, Cassio Vecchiatti do setor empresarial começou falando que “internet é sinônimo de competitividade”….
image
Veridiana Alimonti, representante da sociedade civil (única mulher em uma mesa de 8 pessoas) cobrou, além de mais diversidade no próprio Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), a consolidação do Marco Civil na Intenet.
image
O CGI.br foi alvo também de protestos durante a cerimônia de abertura. Na verdade, outra vez. O Coletivo Intervozes tentou fixar faixas nas paredes pedindo a transmissão das reuniões doCGI, mas foram impedidos pela equipe do evento. A solução foi ficar segurando as faixas até o fim da abertura.
image
Entre as questões mais sensíveis do Fórum estão a propriedade dos direitos autorais e a garantia dos direitos humanos na rede.
image
Durante as desconferências do #FórumBR também vai acontecer uma Plenária do 3º setor sobre a internet.

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Deixe um Comentário